A tecnologia como aliada à contabilidade

 

A tecnologia como aliada à contabilidade

A contabilidade evoluiu. Antes, era apenas geradora de informação e um meio de atender às exigências do fisco; e nem sempre correspondia às realidades econômica e financeira, pois muitas operações não eram devidamente registradas.

Hoje, o cenário é outro. De um lado, o capitalismo globalizado rompe fronteiras e acirra a concorrência, exigindo que as organizações sejam lucrativas e sustentáveis. Os sistemas de gestão estão em constante evolução e são usados como formas de melhorar os controles internos das empresas, padronizar e compartilhar informações e facilitar a administração dos negócios, tornando as empresas mais informatizadas, conectadas e, consequentemente, competitivas. De outro, o governo, por meio de recursos tecnológicos, fecha o cerco da fiscalização e, para combater a sonegação, impõe novas ferramentas de envio digital de obrigações fiscais e acessórias.

Dentro desse cenário, a contabilidade precisa ser fiel à realidade econômica e financeira das empresas e, por isso, torna-se a um instrumento importante de apoio para a gestão organizacional. A contabilidade fornece informações que reduzem incertezas na tomada de decisão e aumenta a qualidade da decisão. E, para isso, ela se apoia em novas tecnologias.

No caso dos sistemas contábeis, os dados precisam ser enviados para cada esfera do governo e isso exige geração de informações diferentes, com formatações específicas. Uma empresa que não esteja atenta às constantes alterações fiscais e tecnológicas, facilmente será induzida ao erro no momento de disponibilizar essas informações ao fisco, sem que necessariamente haja intenção de burlar a Lei.

Por essa razão, a realidade atual exige plena integração entre tecnologia da informação e contabilidade; é por meio de soluções tecnológicas que as informações são recebidas, processadas e armazenadas (é preciso contar com um sistema de gestão que possua dados seguros e íntegros, que reflitam com exatidão os fatos ocorridos e na sequência correta). A contabilidade, por sua vez, é responsável pelo “conteúdo da informação”, a qual será utilizada para responder questões estratégicas ou de negócio ou será enviada ao fisco, como fator de obrigação. Afinal, não basta ter a informação correta nas mãos, é preciso saber obtê-la em tempo hábil (em um mundo conectado e online, tempo é dinheiro) e utilizá-la de forma eficiente e eficaz para agregar resultado positivo aos negócios.

Saiba como e quais as vantagens
de se associar ao Sescon MG


* campos obrigatórios