SESCON-MG realiza esta semana ação de orientação sobre o Imposto de Renda Pessoa física

 

SESCON-MG realiza esta semana ação de orientação sobre o Imposto de Renda Pessoa física

Quando chega o momento de declarar o Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF), muitas dúvidas acabam aparecendo: posso deduzir os gastos com plano médico e odontológico? Como informo que ganhei um prêmio ou herança? Quantos dependentes são permitidos por CPF? Para esclarecer essas e outras dúvidas, o Sistema Fenacon Sescap/Sescon promove a Campanha Declare Certo 2018. As ações gratuitas de orientação sobre o imposto de renda ocorrem em praças, parques, shoppings e universidades em todo o país.

Com o slogan “Evite problemas com o Leão, procure a orientação de um empresário contábil”, os sindicatos filiados à Federação Nacional das Empresas de Serviços Contábeis e das Empresas de Assessoramento, Perícias, Informações e Pesquisas (Fenacon) farão um mutirão em 12 estados e 39 cidades brasileiras. O objetivo é orientar a população e evitar que o contribuinte caia na malha fina por cometer erros simples.

Em 2017, a Campanha Declare Certo mobilizou aproximadamente 600 empresários contábeis, que esclareceram gratuitamente as dúvidas de mais de sete mil contribuintes em todo o país. “Além do caráter social, o mutirão contribui com o trabalho da Receita Federal ao incentivar o correto preenchimento e a geração de dados cada vez mais precisos”, destaca o presidente da Fenacon, Mario Elmir Berti.

 

Sescon/MG e Hospital da Baleia juntos em BH

Em Belo Horizonte, o mutirão acontecerá na próxima quarta-feira, dia 18/4, de 13h às 17h, na Praça Sete (no quarteirão da rua Carijós, próximo ao McDonalds). O Sescon/MG (Sindicato das Empresas de Consultoria, Assessoramento, Perícias, Informações, Pesquisas e Empresas de Serviços Contábeis) dará orientações aos contribuintes da capital sobre a declaração do Imposto de Renda. O Hospital da Baleia, parceiro nessa ação, estará presente esclarecendo ao público como doar até 3% do IR devido à instituição e fará ações de promoção à saúde (aferição de pressão arterial e cálculo do Índice de Massa Corporal – IMC).

“A fiscalização está cada vez mais rígida e capaz de identificar até mesmo pequenas divergências nos dados informados. Deduções que não são permitidas ou despesas preenchidas de forma incompleta acabam gerando problemas com a Receita Federal. Essas inconsistências, no entanto, podem ser facilmente evitadas com a orientação de um profissional especializado”, explica o presidente do Sescon/MG, Sauro Henrique de Almeida.

Informações

Para mais informações, procure o Sescon/MG, (31) 3207-1700 ou comunicacao@sescon-mg.com.br

Saiba como e quais as vantagens
de se associar ao Sescon MG


* campos obrigatórios