eSocial: quais as principais mudanças que ele traz?

 

eSocial: quais as principais mudanças que ele traz?

O eSocial, também chamado de Sistema de Escrituração Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas, foi instituído pelo Decreto nº 8373/2014. Em algumas empresas, já está em atividade desde janeiro de 2018.

O sistema permite ao governo brasileiro reunir, em um só lugar, uma série de informações trabalhistas acerca dos funcionários, sejam elas sobre seus vínculos com a empresa, contribuições feitas à previdência social, folhas de pagamento, acidentes de trabalhos e até demissões. Tudo isso passa a ser coletado por meio de dados fornecidos pelos próprios empregadores e, assim, registrado virtualmente.

Desse modo, a implementação do eSocial acaba trazendo consigo algumas mudanças que afetam, também, os escritórios de contabilidade. Isso porque, para atender melhor aos clientes, orientá-los e seguir atuando dentro da lei, também precisam se adaptar e compreender a fundo o funcionamento do Sistema.

Leia o texto abaixo para entender melhor algumas dessas modificações!

 

Envios de informações ao sistema passarão a ser frequentes

Informações sobre os colaboradores, como, por exemplo, questões que tratem de avisos prévios ou FGTS, já costumam ser levantadas e armazenados, seja pelas próprias empresas ou por contadores terceirizados, por vezes em planilhas físicas ou em sistemas internos de gestão.

No entanto, com o eSocial, todos os empregadores passam, além de registrar para si esses dados, a  enviá-los de maneira unificada e com certa regularidade para a plataforma online oficial do Sistema, o Ambiente Nacional Virtual, gerido pelo Governo Federal.

E vale destacar que, no futuro, serão previstos determinados prazos para esses envios e que será importante cumpri-los. Dito de outra forma, haverá penalidades para aqueles que não se atentarem às datas.

 

Processos contábeis e administrativos serão simplificados

A proposta do eSocial de recolher e transmitir tais dados de forma virtual, promete simplificar uma série de processos que envolvem o uso da contabilidade, tornando-os menos burocráticos.

É parte importante do trabalho realizado por contadores de vários escritórios lidar com informações dos colaboradores de seus clientes, prestando contas e executando demais obrigações fiscais e trabalhistas. Desse modo, lidam, também, com todo tipo de documentos, relatórios, formulários, e ainda com sistemas eletrônicos distintos.

Nesse sentido, haverá, por exemplo, a redução da necessidade do uso de formulários físicos que, quando necessários, poderão ser preenchidos e enviados eletronicamente. Além disso, não precisarão ser arquivados no próprio escritório e a ideia é que o envio dessas informações passe a ser padronizado e se dê em apenas um lugar, poupando-lhes tempo.

 

Operações passarão a ser executadas mais rapidamente

 

Em situações iniciais, nas quais os funcionários ainda estão se ajustando a novas tecnologias adotadas, é possível que as operações da empresa acabem se tornando um pouco mais complicadas. No entanto, ao simplificar determinados processos contábeis, o uso do eSocial também tende a contribuir para agilizá-los.

O Governo almeja que, com todos esses dados em um só lugar, passe a haver mais rapidez para fiscalizar as atividades empresariais.

Em função dessas mudanças, diversas empresas e escritórios de contabilidade já vêm buscando novas soluções para se adaptarem ao eSocial. Investir em modificações nas atividades para lidar com informações específicas de funcionários de maneira eletrônica, como conexões cada vez mais seguras e rápidas, são exemplos disso. Cursos, treinamentos e capacitações também vêm sendo procurados por diversos profissionais.

É importante ressaltar que o momento em que nos encontramos ainda é de transição. O processo vem sendo feito aos poucos, gradativamente. Por enquanto, as datas-limite definidas para que as empresas possam adotar o Sistema variam de acordo com seu faturamento e com as etapas em que se encontram. Que tal aproveitar esse período para se capacitar?

Saiba como e quais as vantagens
de se associar ao Sescon MG


* campos obrigatórios