Inteligência artificial e robotização garantem resultados no setor de serviços

 

Inteligência artificial e robotização garantem resultados no setor de serviços

Recurso já presente na rotina de pessoas e empresas e que simula o raciocínio humano será um dos temas debatidos na 18ª Conescap

Após comprar uma viagem pela internet, você já reparou que começaram aparecer diversos anúncios com sugestões de lugares para visitar, se hospedar e onde comer bem no seu destino? Este é um dos trabalhos da Inteligência Artificial (IA).

O termo, que pode até lembrar as ficções científicas do cinema, estão muito próximos da realidade das pessoas e das empresas. Elinton Marçal, diretor de Tecnologia e Marketing da SCI Sistemas Contábeis, explica que a IA é uma parte da ciência da computação que simula o raciocínio humano, ou seja, ela tem características do pensamento das pessoas. “A inteligência artificial está muito ligada aos processos de robotização”, comentou.

Marçal explica que, quanto mais utilizada, mais inteligente essa ferramenta se torna. “No setor de serviços contábeis, por exemplo, utilizamos muito a IA para otimizar processos repetitivos. Em trabalhos que envolvam tributação, ela classifica as informações de maneira adequada. Neste sentido, a tecnologia entra em campo como um aliado dos profissionais, pois garante produtividade e segurança”, destaca.

A utilização da IA realizando atividades repetitivas permite aos empresários e suas equipes mais liberdade e tempo para uma atuação mais estratégica. O mundo dos negócios já percebeu e utiliza essa janela de oportunidade. De acordo com dados do estudo realizado pela Tata Consultancy Services, cerca de 84% das empresas consideram o uso da IA como essencial para a competitividade, e 50% veem essa tecnologia como potencial “transformador”.

A pesquisa confirma ainda a abrangência do uso da IA, indo muito além dos departamentos de Tecnologia da Informação (TI). Dos entrevistados, quase um terço (32%) das empresas acredita que o maior impacto da IA até 2020 será em vendas, marketing ou atendimento ao cliente, enquanto um em cada cinco (20%) prevê que o maior impacto da IA será em funções corporativas não relacionadas diretamente a clientes, a exemplo de finanças, planejamento estratégico, desenvolvimento empresarial e Recursos Humanos.

Este é um dos temas ligados à transformação digital, impulsionada pelas novas tecnologias, que será abordado durante a 18ª Convenção Nacional das Empresas de Serviços Contábeis (Conescap) entre os dias 13 e 15 de novembro, no Centro de Evento de Carapina. A iniciativa é promovida pela Federação Nacional das Empresas de Serviços Contábeis (Fenacon), tendo como anfitrião do evento o Sindicato das Empresas de Serviços Contábeis do ES (Sescon/ES).

Mudança de mindset

Abordando questões ligadas à transformação digital pelas quais as empresas estão passando, Pedro Mello, especialista em startups, franquias e negócios digitais, é o convidado pela SCI Sistemas Contábeis a participar da 18ª Conescap. Mello é autor dos livros Startup Brasil e Guia de Sobrevivência do Empreendedor e dará sua palestra no dia 14, às 10h50. Imperdível!

 

SERVIÇO

18ª Conescap

13 a 15 de novembro no Centro de Evento de Carapina – Serra/ES

Informações e inscrições: www.conescap.com.br

Saiba como e quais as vantagens
de se associar ao Sescon MG


* campos obrigatórios